Google+ Followers

Anúncio Google

domingo, 19 de novembro de 2017

PAGAMENTO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO 2017 AOS SERVIDORES DA PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO


A PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO já tem em CAIXA os recursos necessários para pagar o DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO DE 2017 aos seus servidores, ativos, aposentados e pensionistas.

A primeira parcela sai agora em NOVEMBRO e, embora esteja sendo anunciado o dia 30 como a DATA DO DEPÓSITO, esta DATA pode ser antecipada. Assim, entre 23 e 30 DE NOVEMBRO os servidores podem receber.

A SEGUNDA PARCELA já tem da mesma forma uma PRÉ DATA para ser paga. 20 DE DEZEMBRO, podendo porém ser antecipada para o dia 15 de dezembro.

Estas folhas já foram "RODADAS" e serão agora "CUSTOMIZADAS" para usar termos de quem trabalha com elas.

RÁDIO CORREDOR 1

Na sexta-feira dia 17, no finalzinho do dia, começou a circular um BOATO no CASS, de que a prefeitura iria priorizar o pagamento das OSs, e isso poderia atrasar ou até comprometer o pagamento do 13o salário. Veio o final de semana e o feriado de amanhã. Vejamos o humor e se o BOATO ganha corpo ou não passa mesmo de notícia sem fundamento.

RÁDIO CORREDOR 2

Silêncio Profundo ! A ordem É NÃO FALAR NADA sobre o VALE CARTÃO CESTA DE NATAL, 14o. SALÁRIO e REAJUSTE. O PREFEITO está se fazendo de MORTO.

Como se vê, a era de incertezas chegou com força à vida dos servidores do MUNICÍPIO DO RIO. Ninguém tem certeza de nada, o prefeito, seus assessores e líderes na Câmara de Vereadores batem cabeça. 

A prudência manda que parte do DÉCIMO TERCEIRO, e qualquer outro DINHEIRO que entrar na CONTA dos Servidores do Município do Rio de Janeiro, seja transformado em POUPANÇA. É hora de evitar DÍVIDAS, e de fazer um NATAL com muita parcimônia.

O que nos reserva o futuro, só DEUS sabe o que será.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

CARTÃO CESTA DE NATAL 2017 - MARCELO CRIVELLA DEVE CORTAR PERU DOS SERVIDORES


Nos anos anteriores, a esta altura, os servidores da Prefeitura do Rio de Janeiro já sabiam o VALOR e quando receberiam o CARTÃO CESTA DE NATAL, GRATIFICAÇÃO NATALINA EXTRA, paga principalmente para servidores que tem NÍVEL ELEMENTAR e MÉDIO, pois é condicionado ao valor do salário.

Tradição que os SERVIDORES aguardam com ANSIEDADE, sempre foi motivo de "ZOAÇÃO", pois o pessoal da Prefeitura fazia pilhéria sobre quando seria liberado e quanto valeria o "PERU" do César Maia, e o "PERU" do Eduardo Paes, prefeito que antecedeu a Marcelo Crivella.


O BLOG pesquisou e buscou informação, e até aqui não tem nada definido, nem publicado, sobre o CARTÃO / GRATIFICAÇÃO para 2017.

Parece que a PREFEITURA não vai conceder o benefício esse ANO.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

CRISE NA SAÚDE MUNICIPAL - HOSPITAL SALGADO FILHO NO MÉIER QUASE EM COLAPSO ! VÍDEO

RJTV APRESENTOU MATÉRIA SOBRE A SITUAÇÃO CRÍTICA DO HOSPITAL.
SUPERLOTAÇÃO E FALTA DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE não são mesmo uma NOVIDADE na Unidade Hospitalar situada no Bairro do Méier. Pacientes pelos corredores, mal acomodados, fazem parte do cotidiano de quem trabalha ou procura atendimento no SALGADO FILHO.

A UNIDADE tem uma EMERGÊNCIA que dificilmente recusa algum atendimento. Isso faz com que fique SOBRECARREGADA. Assim, a SUPERLOTAÇÃO não pode ser considerada uma FALHA do HOSPITAL, mas antes uma consequência de um SISTEMA de SAÚDE que não funciona, que tem uma REGULAÇÃO falha, e que no âmbito FEDERAL e ESTADUAL vem fechando LEITOS e restringindo atendimentos de EMERGÊNCIA. 

Inegável, porém, que a situação piorou muito com a atual administração do MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO. Os recursos necessários para aquisição de INSUMOS / MEDICAMENTOS / MATERIAL CIRÚRGICO, e para serviços de MANUTENÇÃO foram REDUZIDOS, em alguns momentos ZERADOS. Do ELEVADOR que não funciona, ao registro de água que não pode ser trocado, passando por uma FARMÁCIA sem MEDICAMENTOS e pela GINÁSTICA nas ENFERMARIAS para poder seguir a PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS. Falta GAZE, ROUPA DE CAMA, FRALDA...CIRURGIAS SÃO SUSPENSAS E INTERNAÇÕES SE PROLONGAM.

A POLÍTICA DE RECURSOS HUMANOS CONTINUA DESASTROSA, com a atual administração seguindo o MAU exemplo do governo PAES. O governo de Marcelo Crivella parece que também não respeita o INSTITUTO DO CONCURSO PÚBLICO. 

Não há solução para a saúde pública, enquanto a política de RECURSOS HUMANOS for essa de CONTRATAÇÕES TEMPORÁRIAS DE MÉDICOS e DEMAIS PROFISSIONAIS. Não há continuidade, não há PLANEJAMENTO que resista a esse entra e sai de PROFISSIONAIS.

É preciso RESGATAR a POLÍTICA DE EQUIPES DE EMERGÊNCIA, DE ROTINA EM ENFERMARIA, DE ACOMPANHAMENTO AMBULATORIAL. É FUNDAMENTAL O VÍNCULO INSTITUCIONAL, A PERSPECTIVA DE CARREIRA, A CONTINUIDADE, A ESTABILIDADE, QUE NÃO SIGNIFICA DE FORMA ALGUMA ACOMODAÇÃO. 

A população vai continuar sofrendo com a falta de MÉDICOS e demais profissionais de saúde nas UNIDADE PÚBLICAS, sejam CLÍNICAS DA FAMÍLIA ou Grandes HOSPITAIS, enquanto A SAÚDE PÚBLICA  não for considerada  FUNDAMENTAL. VÍDEO CLIQUE AQUI

APLICATIVO TAXI.RIO ENTRA EM FUNCIONAMENTO HOJE - 01/11/2017 - CIDADE DO RIO DE JANEIRO



Taxi.Rio entra no ar nesta quarta-feira
01/11/2017 

O aplicativo TAXI.RIO entra em funcionamento oficialmente na quarta-feira, 1º de novembro, para a população e os dez mil taxistas cadastrados na plataforma digital até o momento. 

Nesta primeira versão, o app será disponibilizado apenas para dispositivos com sistema Android.

Lançado pelo Prefeito Marcelo Crivella em 29 de maio de 2017 e desenvolvido integralmente pela Empresa Municipal de Informática - IPLANRIO, o TAXI.RIO é uma plataforma pioneira no país que permite a reformulação da gestão do serviço de táxi na cidade do Rio de Janeiro, além de ser uma ferramenta de comunicação instantânea, promovendo integração entre taxistas, cidadãos e Prefeitura.

Com o TAXI.RIO, os passageiros poderão visualizar os táxis mais próximos no momento da solicitação da corrida, escolher o serviço por faixa de desconto, conferir o valor à pagar, incluindo preço apurado, descontos, bandeirada, além da possibilidade de avaliar o taxista ao final da viagem, e consultar o histórico de corridas no site www.taxi.rio na área do passageiro.

O pagamento das corridas será feito diretamente para o taxista, em dinheiro ou no cartão de crédito/débito, utilizando o terminal de pagamento disponibilizado pelo motorista. Na primeira versão, não haverá o recurso do pagamento através do aplicativo.

Na segunda versão, o pagamento pelo cartão de crédito embarcado no aplicativo já estará disponível. Para isso, a Prefeitura também está construindo um modelo de negócio inédito para o mercado público, através de um sistema que permitirá que o pagamento da corrida pelo cartão chegue ao taxista sem necessidade de passar pelos cofres públicos.

A disponibilização de um espaço público para oferta de cursos de inclusão digital, com objetivo de qualificar taxistas que têm dificuldade com a tecnologia também está em fase final de preparação. A previsão é que os cursos comecem a ser ministrados aos motoristas em até 45 dias, gratuitamente. As aulas acontecerão no Centro Administrativo São Sebastião (CASS), sede da Prefeitura.

Em destaque como principais benefícios para os taxistas estão a ausência da cobrança da taxa de licenciamento do aplicativo, e a autonomia na escolha do percentual de desconto que será oferecido aos usuários. Para os passageiros, o TAXI.RIO promoverá a segurança esperada em relação ao taxista e o uso de aplicativos, pois trata-se da prestação de um serviço regulamentado pela Prefeitura.

São previstas ainda ofertas de bolsas de estudos, por meio de parcerias com instituições de ensino, como curso de idiomas, por exemplo, no pacote de benefícios que visam à capacitação dos taxistas.

Os profissionais mais bem avaliados pelo TAXI.RIO também poderão ser contemplados com acesso privilegiado a grandes eventos e áreas de acesso restrito, com a possibilidade de serem escalados pela Prefeitura para fazerem a cobertura de grandes eventos, como é o caso do Réveillon. Essa será a contrapartida para que o atendimento ao usuário seja melhor. O aplicativo também vai afastar os táxis piratas que, naturalmente, não conseguem se cadastrar.

O cadastramento dos taxistas no TAXI.RIO continua sendo realizado pelo portal www.taxi.rio e a adesão ao programa é opcional. O taxista que adotar a utilização do aplicativo deve aceitar os termos de uso, concordando com o compromisso de utilizar o serviço para fins estritamente legais.

Para participar do TAXI.RIO, há ainda condições indispensáveis, como possuir um smartphone com sistema Android e pacote de dados ativo para acessar à Internet.

Serão utilizadas duas versões nas lojas virtuais: uma para o taxista, outra para o passageiro, e serão diferenciadas pelas cores do ícone. Para taxistas, a imagem é azul com fundo amarelo, e para passageiros, logomarca amarela com fundo azul.

sábado, 21 de outubro de 2017

PREFEITURA ATRASA PAGAMENTO DE OSs E POPULAÇÃO DA ZONA OESTE SOFRE SEM ATENDIMENTO EM UNIDADES DE SAÚDE

           "JUNTE OS TRÊS QUE NÃO DÁ MEIO"           
É A CRISE VERSÃO GOVERNO MARCELO CRIVELLA

O HOSPITAL MUNICIPAL ROCHA FARIA, EM CAMPO GRANDE, Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro, só está atendendo a pacientes em ESTADO GRAVE, com RISCO DE VIDA. 

Os profissionais contratados por uma ORGANIZAÇÃO SOCIAL receberam, segundo denúncia passada à imprensa, apenas parte dos seus salários, e muitos deles estão sem condição de comparecer ao trabalho. 

O PLANTÃO DE HOJE - Sábado - 21/10/2017 - começou com a equipe desfalcada, só permitindo acompanhar e tratar pacientes da sala VERMELHA. Quem foi ao Hospital, recebia na EMERGÊNCIA a orientação de procurar outra UNIDADE. Até mesmo Idosos e crianças, se não estivessem aparentando um quadro grave, eram recusados.

Como se sabe, essa "TRIAGEM", sempre representa um grande risco de "MANDAR EMBORA" alguém que pode não ter condição e tempo de encontrar atendimento em outro local.

QUEM FICA NO ROCHA FARIA INTERNADO sofre com todo tipo de falta. Segundo funcionários que não podem se identificar, falta de PAPEL HIGIÊNICO a medicamentos BÁSICOS - INDISPENSÁVEIS - nos atendimentos de EMERGÊNCIA.

O governo do Município diz ter liberado R$ 90 MILHÕES para as OSs, mas, o rombo na saúde MUNICIPAL bate a casa dos R$ 300 milhões.

Em outras UNIDADES de Saúde, e até GRANDES EMERGÊNCIAS, faltam medicamentos. 

Ontem, enquanto o PREFEITO comia BOLO e participava de FESTA COMEMORATIVA dos 97 ANOS do Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, pacientes procuravam, sem encontrar, DIPIRONA ou ANTIBIÓTICOS na Farmácia da Unidade.

O Rio vive uma TRAGÉDIA. 

O Governo Federal abandonou seus HOSPITAIS, cortou VERBA e restringiu ATENDIMENTO, os Hospitais UNIVERSITÁRIOS FEDERAIS estão SUCATEADOS. Já o ESTADO, FALIDO, faz tempo que fechou UNIDADES e finge que presta atendimento de saúde à população. 

Restavam as UNIDADES MUNICIPAIS, que agora vão pelo mesmo caminho.

VERGONHA FEDERAL, VERGONHA ESTADUAL, VERGONHA MUNICIPAL !

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

SERVIDORES DA PREFEITURA DO RIO SÓ PERDEM NO GOVERNO DE MARCELO CRIVELLA


MÃO DE TESOURA NÃO POUPA NEM OS SERVIDORES QUE TEM DEFICIÊNCIA FÍSICA E PRECISAVAM DO PROGRAMA DE ÓRTESES E PRÓTESES.


A MATÉRIA DO JORNAL EXTRA, mostra bem, o TAMANHO DA TESOURADA que Marcelo Crivella vem DANDO no FUNCIONALISMO MUNICIPAL. 

Além de não cumprir nenhuma das promessas de "CONCEDER" aos servidores, como no caso do PCCS da SAÚDE e dos ADMINISTRATIVOS, ele NÃO PAGOU o ACORDO DE RESULTADOS DE 2016, NÃO ADIANTOU COMO ERA TRADICIONALMENTE FEITO, METADE DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO, E NÃO CONCEDEU O REAJUSTE ANUAL PREVISTO EM LEI.

NÃO DÁ E AINDA TIRA

"Homem de DEUS" ?? como se auto-intitula, Marcelo Crivella CORTOU gratificações, e no âmbito do PREVI-RIO, vem promovendo uma POLÍTICA DE ARRASA QUARTEIRÃO.

Não poupou nem o AUXÍLIO ÓRTESE E PRÓTESE, que atendia SERVIDORES com DEFICIÊNCIA FÍSICA. CADEIRAS DE RODAS, APARELHOS AUDITIVOS, "PERNAS MECÂNICAS"... De alto custo, são inacessíveis aos SERVIDORES pelos meios NORMAIS.

O servidor que não estiver satisfeito, deve ir se QUEIXAR AO BISPO.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

SERVIDORES DA PREFEITURA DO RIO FAZEM PROTESTO CONTRA GOVERNO CRIVELLA


PROFESSORES FAZEM PARALISAÇÃO DE 24 HORAS - ATO / PROTESTO EM FRENTE À SEDE DA PREFEITURA NA CIDADE NOVA - 10 HORAS

GARANTIA DE PAGAMENTO DO 13o. SALÁRIO

GARANTIA DE PAGAMENTO DO ACORDO DE RESULTADOS 2016

REAJUSTE SALARIAL CONFORME DETERMINA A LEI, COM BASE NO IPCA-E ACUMULADO.

RESPEITO, DIÁLOGO, TRANSPARÊNCIA, SEM MISTURA DE RELIGIÃO E POLÍTICA.

O SERVIDOR PÚBLICO NÃO PODE PAGAR A CONTA DOS ERROS, DA CORRUPÇÃO E DA INCOMPETÊNCIA DOS POLÍTICOS E GOVERNANTES.